1 de março de 2012

Pais de alunos exigem mais funcionários

Com este título, a situação preocupante da nossa Escola foi noticiada ontem pela Agência Lusa.
Transcrevemos a notícia:

Cascais, 29 fev (Lusa) - Os pais dos alunos da Escola Secundária Fernando Lopes Graça, na Parede, concelho de Cascais, estão preocupados com a falta de funcionários, tendo já enviado um abaixo-assinado ao Governo a reclamar a resolução do problema.
Numa nota escrita enviada à Agência Lusa, o porta-voz da Associação de Pais e Encarregados de Educação, Armando Melo, explicou que os 27 funcionários da escola não são suficientes e, além disso, 10 deles não estão a trabalhar.
"Nove encontram-se dispensados de funções por motivos médicos, não se prevendo o seu regresso a breve prazo, e um rescindiu o contrato", esclareceu.
Os pais consideram que o número de funcionários no ativo é "manifestamente insuficiente" para controlar os 1.200 alunos que frequentam o ensino diurno e noturno.
Por estes motivos, o grupo de pais apelou à Direção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo (DRELVT) para que resolva o problema com reforço de pessoal.
A DERLVT assegurou, numa resposta aos pais a que a Lusa teve acesso, que o assunto está a ser tratado pelo diretor da escola, o qual, "dentro das suas possibilidades, fará seguramente o acompanhamento da situação, atendendo ao interesse de que o assunto se reveste".
A associação de pais considerou que a resposta revelava "manifesta indisponibilidade para resolver a situação" e expôs o problema aos deputados da Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura.
O PS e o PCP questionaram já o Ministério da Educação e Ciência sobre esta situação.
A associação de pais vai agora recorrer ao ministro da Educação, Nuno Crato, ao secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar, João Casanova de Almeida, e ao presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras."

Sem comentários:

Enviar um comentário